Notícias Notícias

6.11.2015 | admin

Informática em destaque na perícia criminal

TechBiz Forense Digital convida Magnet Forensics, Tableau e Nuix para mostrar no XXIII Congresso Nacional de Criminalística, de 8 a 12 de novembro em Búzios, as tecnologias mais avançadas para investigação e perícia em computadores e derivados

Cruciais para a investigação de crimes variados – da lavagem de dinheiro passando pelo assédio moral à pornografia infantil – a tecnologia da computação forense, utilizada para extrair dados de computadores, celulares e demais equipamentos digitais estará exposta no estande da TechBiz Forense Digital no XXIII Congresso Nacional de Criminalística, que acontece em Búzios de 8 a 12 de novembro.

Peritos e representantes das forças da lei de todas as regiões do Brasil estarão no evento para conferir o que há de mais moderno em criminalística. E a informática terá um lugar de destaque, ao lado de disciplinas como química, toxicologia, balística, veículos entre outros.

“Não tem como imaginar uma perícia em que a informática não esteja vinculada hoje em dia. Trata-se de uma das ferramentas mais importantes dentro da criminalística, porque há câmeras espalhadas por todos os lugares, tudo é filmado, registrado em celulares, computadores, com dados armazenados na nuvem. E para lidar com isso tudo os peritos precisam ter o conhecimento de informática”, diz Denise Rivera, presidente da APERJ (Associação dos Peritos do Estado do Rio de Janeiro), entidade promotora do evento.

Tecnologia de ponta

Para o evento, a TechBiz Forense Digital convidou três parceiros internacionais para exporem os produtos que hoje já estão nas mãos das principais polícias do mundo, inclusive do Brasil. O Internet Evidence Finder, da fabricante canadense Magnet Forensics, é fundamental para investigar dados oriundos das mídias sociais e o dos milhares de aplicativos de internet, que demandam dos investigadores da computação forense atualização constante sobre os apps para encontrar todas as evidências relevantes em um caso.

O IEF é capaz de recuperar evidências de mais de 265 tipos de artefatos de internet em sistemas operacionais Windows e Mac e rapidamente validar o que foi encontrado, compartilhar resultados com as partes interessadas, mesmo as que não possuem conhecimento técnico, e preparar a evidência para um possível julgamento no Tribunal.

O fundador da Magnet Forensics, Jad Saliba, ex-oficial da polícia regional de Waterloo, no Canadá, estará pessoalmente no evento de Búzios, para ministrar a palestra “Investigando Evidências Web em Computadores e Smartphones”, na terça-feira, às 14h (veja programação abaixo).

Já a empresa norte-americana Tableau, fabricante de bloqueadores de escrita e duplicadores forenses, mostrará os equipamentos que permitem aos peritos aplicarem na informática a premissa básica de qualquer investigação: não alterar a evidência original. A tecnologia Tableau faz uma cópia idêntica do conteúdo digital e permite que o investigador o analise sem deturpar a prova.

Enquanto a australiana Nuix oferece agilidade na investigação de mídias eletrônicas, pois permite processar, pesquisar e analisar vastas quantidades de dados não estruturados, de forma altamente confiável.

A expectativa é que o congresso receba 1.000 pessoas, entre elas, inscritos oriundos da Austrália, México, Inglaterra e Portugal, sejam peritos federais, estaduais, juízes, promotores e desembargadores. Confira abaixo a programação da TechBiz Forense Digital e de seus parceiros no evento.

AGENDE-SE

XXIII Congresso Nacional de Criminalística
De 8 a 12 de novembro em Búzios
Atlântico Búzios Convention Resort

criminalistica2015.com.br

Programação TechBiz Forense Digital

Terça-feira, 10/11
14h – Sala Amores
Investigando evidências web em computadores e smartphones
Com Jad Saliba, ex-investigador da Polícia de Waterloo e atual CTO da Magnet Forensics.

Quarta-feira, 11/11
12h40, Salão do Canto
Novidades na Forense SSD e PCI: a evolução da forense digital em dispositivos SSD e a transição SATA – PCI
Com Jeff Hedlesky, especialista forense da Guidance Software.

Quarta-feira, 11/11
13h20, Salão do Canto
Desafios forenses na era da convergência digital: como agrupar, processar e investigar evidências em um único equipamento
Com Juan Carlos Jarandilla, Nuix Solution Consultant.

Share:

| More

Press agent

Roberta Maia - roberta.maia@techbiz.com.br
(21) 3736-7058/ (21) 98290-4653