Notícias Notícias

3.12.2012 | admin

Informática é cada vez mais importante no dia a dia do perito

Profissional homenageado no dia 4 de dezembro deve acompanhar a evolução da tecnologia em suas investigações; TechBiz Forense Digital oferece treinamentos, consultorias e laboratórios especializados em investigação digital

No dia 4 de dezembro comemora-se o dia do Perito Criminal e, em 2012, com a explosão do uso de dispositivos eletrônicos, a data merece uma reflexão sobre como esse profissional tem se adaptado ao universo da tecnologia da informação. Seja na tradicional perícia de informática, como também na moderna perícia médica, contábil, econômica ou de engenharia, o exame pericial de dispositivos e sistemas digitais tem se tornado cada vez mais necessário. E a rápida evolução dos equipamentos eletrônicos provoca a demanda pela especialização em informática e a criação de laboratórios exclusivos para a computação forense.

“Os peritos não são mais profissionais oriundos da polícia ou cientistas. Eles possuem formação diversificada e sabem da importância de se especializarem em informática”, diz Jaime Rodrigues, gerente regional da TechBiz Forense Digital no Rio de Janeiro e em São Paulo.

Se antigamente, a perícia digital se relacionava apenas aos crimes de computador, hoje ela está incluída em todos os tipos de processos discutidos nos tribunais. A complexidade dos sistemas e a rápida evolução das tecnologias também afetaram o dia a dia desses profissionais.

“Antes bastava que o perito soubesse recuperar os arquivos deletados para se tornar um ‘herói’. Agora, os discos possuem terabytes de dados e não basta conseguir ler esses dados, é preciso interpretá-los rapidamente e corretamente para subsidiar a compreensão dos fatos complexos que ocorrem no mundo virtual e a decisão de um juiz. Daí a importância da parceria com a TechBiz Forense Digital, que nos apresenta soluções atualizadas e com elevado desempenho”, diz Giuliano Giova, diretor do Instituto Brasileiro de Peritos (IBP-Brasil).

Novas tecnologias

Com mais de 15 parceiros internacionais – fornecedores de tecnologias capazes de realizar investigações completas em dispositivos eletrônicos, da duplicação forense à visualização de arquivos apagados e não alocados –, a TechBiz Forense Digital já equipou importantes Institutos de Criminalísticas e Ministérios Públicos do Brasil, como o ICCE, do Rio de Janeiro, IC de Santa Catarina, IC da Bahia, Dipol, em São Paulo, entre outros.

“Nosso trabalho é buscar novas tecnologias para melhorar a qualidade da perícia e aumentar a performance e o cuidado com as evidências, mantendo sempre a legalidade das informações”, diz Marcos Nascimento, gerente de negócios da TechBiz Forense Digital para as Forças da Lei.

Segundo Nascimento, os peritos sempre procuram a TechBiz Forense Digital em busca de novas tecnologias e, recentemente, um nova parceria foi fechada para atender a uma demanda específica deste público. A Cognitech, empresa fornecedora de tecnologia para melhoria de imagens na cena do crime, foi escolhida devido à sua solução Tri-Suite11, que coleta e aprimora as imagens de baixa resolução capturadas por câmeras digitais e de vigilância.

“A solução coloca em destaque rosto de pessoas, manchas, nomes, placas de carro, cor de roupa. Também faz mensurações como o tamanho do suspeito, trajetória da bala, altura e largura de um veículo etc.”, diz Marcos Nascimento.

DEPOIMENTOS

“A TechBiz Forense Digital sempre nos apresenta soluções atualizadas que respondem à complexidade dos sistemas e à rápida evolução das tecnologias a serem investigadas. Trata-se de uma importante parceira para desbravar essas novas áreas e vencer os desafios de conhecer as novidades tecnológicas e realizar perícias confiáveis. Nesse sentido, a TechBiz é imprenscindível para a perícia”, Giuliano Giova, diretor do Instituto Brasileiro de Peritos (IBP – Brasil).

“O trabalho da TechBiz Forense Digital é buscar novas tecnologias para melhorar a qualidade da perícia e aumentar a performance a o cuidado com as evidências, mantendo sempre a legalidade das informações”, Marcos Nascimento, gerente de negócios da TechBiz Forense Digital para as Forças da Lei.

“Os peritos possuem uma alta demanda de trabalho e precisam de soluções que os atendam rapidamente. Muitas vezes trabalham com recursos limitados, utilizam softwares open source, que são mais complexos do que nossas soluções, que executam as tarefas com dois ou três cliques”, Jaime Rodrigues, gerente regional da TechBiz Forense Digital no Rio de Janeiro e em São Paulo.

FERRAMENTAS DISPONÍVEIS

Veja algumas opções do portfolio da TechBiz que facilitam o dia a dia do perito

Captura dos dados no local do crime
Com o Image MASSter Solo-4 é possível capturar, autenticar e sanitizar Discos Rígidos a velocidades de até 18 GB por minuto. Os discos são criptografados para prevenir alterações nas evidências.

Captura dos dados em laboratório
A família FRED de estações de trabalho faz aquisição forense dos dados, em alta velocidade, em discos IDE, SATA e SCSI.

Captura de dados e investigação de dispositivos móveis
O XRY, fabricado pela MicroSstemation, e o UFED, da Cellebrite, permitem a extração segura e de forma forense dos dados digitais presentes em dispositivos móveis, como smartphones, GPS, Modems 3G, MP4 e os mais modernos tablets do mercado.

Análise e investigação dos dados digitais
O EnCase, da Guidance Software, é uma plataforma de software que permite total visibilidade sobre a rede para investigações internas, segurança, eDiscovery e aplicação de políticas e normas regulatórias. Da AccessData, o ADLab permite que vários examinadores trabalhem simultaneamente em um único caso e analisem centenas de máquinas apreendidas em uma mesma operação.

Correlacionamento e análise de dados
Por meio da análise e correlacionamento em canais distintos, o ArcSight FraudView detecta e mitiga fraudes online e avalia em tempo real a gravidade de uma situação. Para suportar análises complexas e processamento de dados interceptados e coletados em redes de computadores, o RSA Netwitness investiga todo o tráfego da rede.

Share:

| More

Press agent

Roberta Maia - roberta.maia@techbiz.com.br
(21) 3736-7058/ (21) 98290-4653