Notícias Notícias

14.01.2013 | admin

As principais ameaças previstas para 2013

No ano que passou, os ataques cibernéticos cresceram e evoluíram. Em 2013, não vai ser diferente, segundo dizem os especialistas. A consumerização (BYOD), a cloud computing e as ameaças avançadas e persistentes provocam grandes vulnerabilidades. Mas, acredita-se que os malwares para celulares serão os grandes vilões de 2013. Veja o resumo das principais ameaças listadas pelo repórter Thor Olavsrud, do site CIO.com, na matéria “Mobile Attacks Top the List of 2013 Security Threats“.

• 2013 pode testemunhar o primeiro grande malware para plataformas móveis, o que pegará muita gente desprevenida, dado o grande número de tablets e celulares que não possuem nenhum dispositivo de segurança. A difusão deste malware deve ocorrer por meio de algum aplicativo popular.

• A Trend Micro prevê que o número de apps Android maliciosos e de alto risco aumentará três vezes, de 350 mil, em 2012, para mais de 1 milhão em 2013.

• O fenômeno BYOD (Bring Your Own Device) representa um risco de difusão de malwares de aparelhos privados para as redes corporativas. E não estão livres deste risco as empresas que adotaram políticas preventivas de segurança contra o uso de smartphones, notebook e tablets pessoais.

• Fonte de preocupações, o malware que compra apps de uma app store sem a permissão do usuário já existe (Android/Marketpay.A Trojan) e deve se proliferar.

• Outra preocupação é com o crescente número de aparelhos com chips NFC (Near Field Communication) embutidos, que permitem troca de dados e conexões sem fio entre dois dispositivos próximos um ao outro. Espera-se que seja um sistema amplamente utilizado para pagamentos por smartphones nos Estados Unidos. “Essa flexibilidade de pagamento, infelizmente, também é um benefício para os ladrões. Os atacantes irão criar worms para dispositivos móveis com capacidades NFC para se propagar (via método “bump and infect“) e roubar dinheiro, especialmente em áreas muito povoadas (aeroportos, shoppings, parques temáticos etc.). Um worm NFC poderia agir rapidamente em uma multidão, infectando vítimas e atacando suas contas bancárias”, alerta o relatório da McAfee Labs, 2013 Threats Predictions.

• A McAfee também relata que malwares que bloqueiam dispositivos móveis de receberem atualizações de segurança também devem surgir em 2013.

• Os malwares Ransomware – que “assaltam” a capacidade do usuário de ter acesso aos seus dados, se comunicar ou usar qualquer tipo de sistema e força a vítima a pagar um resgate para recuperar seu acesso – surgiram em 2012 e devem continuar crescendo em 2013, segundo a McAfee. “Ransomware em PCs Windows mais do que triplicaram no último ano”, diz o relatório da McAfee Labs, que acredita que tanto Android quando o Apple OS X sejam alvos de ransomware em 2013. Estimativas indicam que os cibercriminosos arrecadaram US$ 5 milhões em 2012 utilizando táticas de Ransomware.

• No que se refere ao Windows, o relatório da Trend Micro diz que o Windows 8 oferece aos consumidores melhorias importantes em segurança— especificamente o Secure Boot e as funcionalidades do Early Launch Anti-Malware (ELAM). No entanto, as empresas não conseguirão ver os resultados desses benefícios em 2013. Analistas do Gartner acreditam que muitas empresas só irão aderir ao Windows 8 a partir de 2014.

• Os especialistas esperam por mais ataques destrutivos (cibersabotagem e armamento cibernético) em sistemas utilitários e de infraestrutura crítica. Em 2012, o Shamoon, também conhecido como Disttrack, derrubou mais de 30 mil computadores da petrolífera Saudi Aramco, além de fazer vítima outras empresas do setor como a RasGas, do Quatar.

Share:

| More

Press agent

Roberta Maia - roberta.maia@techbiz.com.br
(21) 3736-7058/ (21) 98290-4653