Cases Na ANP, cuidado no descarte das informações

Agência Nacional do Petróleo utiliza os duplicadores e sanitizadores da TechBiz Forense Digital para garantir o sigilo de seus dados

Centro de referência em dados e informações sobre a indústria do petróleo e gás natural, a ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) sabe bem o valor das informações armazenadas em suas máquinas. Por isso, desde 2009, tornou-se usuária das soluções oferecidas pela TechBiz Forense Digital para sanitizar e duplicar discos rígidos. Com o Image MASSter IM4008i, da Intelligent Computer Solution, a agência é capaz de copiar simultaneamente até oito drives, a taxas de transferência que ultrapassam 1,8GB por minuto. Além disso, o hardware é equipado com a opção WipeOut que apaga de forma acurada todas as informações presentes no HD.

“Duplicamos discos para preservar as informações ali presentes e precisamos garantir a sanitização em situações de descarte, ao entregar uma máquina nova para o usuário, ou ao usar equipamentos de terceiros, em Rodadas de Licitação, por exemplo, quando alugamos vários notebooks”, diz Roberto Caldeira, gestor do Escritório de Segurança da Informação da ANP.

Segundo Caldeira, antes de utilizar a tecnologia oferecida pela TechBiz Forense Digital, o processo de sanitização era feito via software e apresentava falhas. “Ao validar um procedimento feito via software vimos que a sanitização não tinha sido completa. Queríamos um processo mais garantido e que fosse quase automático, em que precisásemos apenas inserir os discos”, conta.

O IM4008i atendeu às necessidades da ANP, ao permitir copiar de forma automática diferentes modelos e tamanhos de drives. O hardware copia e verifica dados entre hard drives IDE, EIDE e Ultra-DMA IDE. A unidade também suporta funcionalidades ATA-6, DCO1, HPA2 e endereçamento 48-bit.